WebMail

laje pronta manaus
Whatsapp

Viva Melhor




China reduz drasticamente o tempo que menores podem jogar online

 
 
Notícias



01/09/2021

 



Os reguladores chineses reduziram, nesta segunda-feira (30), o tempo em que os jogadores menores de 18 anos podem passar em games online: para 1 hora às sextas-feiras, fins de semana e feriados. Isso foi em resposta à crescente preocupação com o vício em jogos, informou a agência oficial de notícias Xinhua. A medida deve impactar cerca de 110 milhões de jogadores.

 

 

Com a mudança, os jovens terão praticamente apenas 3 horas de jogatina por semana. As regras, divulgadas pela Administração Nacional de Imprensa e Publicação da China, estabelecem que os usuários menores de 18 anos podem jogar apenas das 20h às 21h no horário local na sexta, sábado e domingo, bem como em feriados. Antes, o período total permitido para os menores era de três horas nos finais de semana e feriados, e 1,5 hora nos outros dias da semana.

 

 

As empresas de jogos online serão impedidas de fornecer serviços de jogos a menores de qualquer forma fora desse horário. Para tanto, precisam garantir que instalem sistemas de verificação de nomes reais, segundo a agência que supervisiona o mercado de video games do país.

 

 

A frequência e a intensidade da fiscalização nas companhias de jogos online serão aumentadas, para garantir que estão estabelecendo limites de tempo e sistemas contra a dependência.

 

 

Vício generalizado

 

 

 

Novos jogos online precisam ser aprovados por autoridades chinesas antes de serem oferecido ao público infantil do país.

 

Fonte:  Freepik/pvproductions/Reprodução 

 

 

Em julho, um artigo do Economic Information Daily, uma publicação estatal chinesa, disse que o vício em jogos online entre as crianças está “generalizado” e pode impactar negativamente seu crescimento. O texto foi excluído algumas horas após a publicação, mas derrubou as ações da Tencent e da NetEase.

 

 

O artigo dizia que em 2020, mais da metade das crianças chinesas eram míopes, e os jogos online afetavam sua educação. O sentimento expressado no texto não é tão novo. Há muito tempo, o governo chinês se preocupa com o impacto dos video games sobre os menores.

 

 

Em 2018, Pequim congelou novas aprovações de jogos devido à preocupação de que os jogos estivessem afetando a visão dos jovens. Na China, os games online exigem o aval dos reguladores, o que eventualmente gera casos de censura, como é o caso de PUBG Mobile, que tem uma versão especial no país chamada Game for Peace.

 

 

Fonte: TecMundo 



Galeria de Fotos

Compartilhe

China reduz drasticamente o tempo que menores podem jogar online


Continue Lendo...




Conheça a tecnologia que promete revolucionar os carros elétricos em 5 anos.

13/09/2021



Amazon lança linha própria de smart TVs 4K com Alexa

10/09/2021



Coronavírus: vacina em teste feita em plantas não precisa de geladeira

10/09/2021


 





Menus Principais

Ativo Sistema de Gestão

Fale Conosco



(92) 3659-2100




contato@patrimonio.com




Manaus/Amazonas
Av.Constantino Nery, 4165 - Chapada





Whatsapp

  Whatsapp



Copyrigh © 2019 Patrimônio Tecnologia. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por ARTPAGES.COM.BR
WebMail