WebMail

laje pronta manaus
Whatsapp

Viva Melhor




Falha no Microsoft Azure expôs dados de milhares de clientes

 
 
Notícias



01/09/2021

 



 

 

Imagem: reprodução

 

 

Uma vulnerabilidade grave no Microsoft Azure expôs os dados de milhares de clientes do serviço de computação na nuvem, incluindo algumas das maiores empresas do mundo. A falha foi comunicada aos usuários da plataforma por e-mail enviado nessa quinta-feira (26) pela gigante de Redmond, segundo a Reuters.

 

 

Na mensagem, a dona do Windows informou aos clientes que invasores teriam a capacidade de ler, modificar e excluir os dados armazenados no Azure caso explorassem a falha. Porém, a companhia afirma não ter encontrado evidências de ataques cibernéticos relacionados a tal erro.

 

 

Responsável pela descoberta, a empresa de cibersegurança Wiz classificou o bug no Microsoft Azure como “a pior vulnerabilidade em nuvem que você pode imaginar”, revelando a sua existência desde 2019. Especialistas da firma israelense verificaram ser possível acessar qualquer banco de dados no serviço.

 

 

 

Explorando a falha, invasores poderiam ter acesso às chaves primárias dos bancos de dados.

 

Fonte:  Wiz/Reprodução 

 

 

O problema em questão estava no Cosmos DB, principal banco de dados da plataforma, que recebeu uma nova ferramenta de visualização há dois anos, intitulada Jupyter Notebook. Este recurso foi ativado automaticamente para todos os bancos de dados Cosmos em fevereiro deste ano.

 

 

Clientes devem alterar as chaves de acesso

 

 

De acordo com a Wiz, que recebeu US$ 40 mil como recompensa pela descoberta, cerca de 3,3 mil clientes do Microsoft Azure podem ter sido impactados. Entre eles estão empresas como Coca-Cola, Citrix e ExxonMobil, que usam o Cosmos DB para gerenciar grandes quantidades de dados em tempo real.

 

 

Um porta-voz da Microsoft disse à agência de notícias que o problema foi corrigido imediatamente, logo após a empresa ser notificada no último dia 12 de agosto. O representante da companhia disse ainda que “todos os clientes estão seguros e protegidos”.

 

 

Como a Microsoft não tem meios de alterar as chaves primárias de cada banco de dados, a empresa pediu aos clientes, no e-mail enviado, que fizessem a alteração da senha manualmente, para prevenir qualquer acesso indevido.

 

 

Fonte: TecMundo 



Galeria de Fotos

Compartilhe

Falha no Microsoft Azure expôs dados de milhares de clientes


Continue Lendo...




Conheça a tecnologia que promete revolucionar os carros elétricos em 5 anos.

13/09/2021



Amazon lança linha própria de smart TVs 4K com Alexa

10/09/2021



Coronavírus: vacina em teste feita em plantas não precisa de geladeira

10/09/2021


 





Menus Principais

Ativo Sistema de Gestão

Fale Conosco



(92) 3659-2100




contato@patrimonio.com




Manaus/Amazonas
Av.Constantino Nery, 4165 - Chapada





Whatsapp

  Whatsapp



Copyrigh © 2019 Patrimônio Tecnologia. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por ARTPAGES.COM.BR
WebMail